01/07/2010

Cientistas descobrem marcadores genéticos de longevidade



Cientistas americanos e europeus descobriram marcadores genéticos que poderiam explicar por que algumas pessoas conseguem viver mais de cem anos.
Paola Sebastiani, do Departamento de Bioestatística da Escola de Saúde Pública em Boston, e colegas estudaram os genomas de 1.055 pessoas com idades maiores ou iguais a cem anos e 1.267 pessoas no grupo controle. Os cientistas identificaram marcadores genéticos bastante diferentes entre os dois grupos.
"Cremos que a velhice saudável reflita a influência conjunta de fatores ambientais, incluindo escolhas sobre o estilo de vida, e fatores genéticos", afirmam no artigo.
Entre os componentes do estilo de vida identificados estão exercícios físicos e consumo de cigarros. Fatores genéticos, porém, também são importantes uma vez que pessoas longevas são mais comuns em famílias com precedentes.
O novo estudo, publicado na revista "Science", quantifica a contribuição da genética. Os cientistas desenvolveram um modelo que calcula a probabilidade de que uma pessoa chegue a uma certa idade baseada em 150 marcadores genéticos.
A expectativa de vida em países desenvolvidos é de 80 a 85 anos. Com base no modelo, o grupo prognosticou, com 77% de acerto, se uma pessoa irá viver até os 100 anos de idade.
As descobertas, realizadas por pesquisadores da Universidade de Boston e do Instituto de Tecnologia Biomédica da Itália, abrem caminho para que pessoas saibam no futuro se têm o potencial para viver muito.
Estudos futuros com esses marcadores também poderiam lançar luz sobre padrões específicos de envelhecimento saudável e poderiam ser úteis no desenvolvimento de tratamentos médicos especializados.


FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/760307-cientistas-descobrem-marcadores-geneticos-de-longevidade.shtml

Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin