01/05/2013

Cientistas examinam uma menina de 15 anos que viveu no Império Inca, e que ficou congelada por 500 anos

FONTE: http://www.blog.quartogeek.com.br/geek-curioso-cientistas-examinam-uma-menina-de-15-anos-que-ficou-congelada-por-500-anos

mummy [Geek Curioso] Cientistas examinam uma menina de 15 anos que ficou congelada por 500 anos.


Desenterrada em 1999 no cume do vulcão Llullaillaco (a 6.739 metros do nível do mar), perto da fronteira com o Chile, o seu corpo e o de um menino de 7 anos de idade, estão entre as múmias em melhor estado de preservação já encontradas. Os órgãos internos intactos, sangue ainda presente no coração e nos pulmões, pele e características faciais ilesas. Nenhum esforço foi feito para preservá-los: o frio e o ar seco fizeram todo o trabalho.
Além disso, exames de raios X feitos no corpo da menina inca mostraram sinais de infecção pulmonar no momento da morte. A descoberta, feita com uma nova técnica de esfregar cotonetes nos lábios da múmia e comparando-os com amostras de pacientes atuais e do genoma humano, vai ajudar no estudo sobre defesa contra novas doenças.

De acordo com Angelique Corthals, da Universidade da Cidade de Nova York, que é uma das autoras do estudo, a técnica pode auxiliar a descobrir informações sobre como a gripe de 1918 foi tão devastadora no mundo ou ainda melhorar a compreensão sobre possíveis ameaças à saúde da população no futuro, como o surgimento de agentes infecciosos ou doenças que reaparecerem (chamadas de re-emergentes).


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin