15/02/2011

Programa de rádio diz ter descoberto receita original da Coca-Cola


A receita da Coca-Cola, guardada a sete chaves pelos proprietários da empresa durante 125 anos, pode ter deixado de ser um mistério, segundo um site que afirma ter descoberto os ingredientes em uma página esquecida de jornal.
Os produtores do programa de rádio "This American Life" publicaram em seu site nesta terça-feira (15) a suposta receita, cuja fórmula original estava na fotografia que ilustrava um artigo sobre a história da Coca-Cola, publicado no jornal "Atlanta Journal Constitution" de 1979.
A imagem mostra uma lista de ingredientes escritos de próprio punho em 1886 por um amigo do criador da bebida, John Pemberton, em um livro de boticário passado de geração em geração que atualmente estava com uma mulher em Griffin (Geórgia), conforme "Thisamericanlife.org".
Coca-Cola, que mantém a versão oficial de sua receita em um cofre em Atlanta que só dois funcionários têm a chave, não comenta se a composição é a correta.


Para a mistura do famoso ingrediente secreto são necessárias oito onças de álcool, 20 gotas de óleo de laranja, 30 gotas de óleo de limão, 10 de óleo de noz moscada, 5 de óleo de coentro, 10 de óleo de neroli - das flores da laranjeira amarga - e 10 de óleo de canela.Da lista publicada, a parte mais reveladora é a que explica como misturar o 7X, uma substância que só representa 1% da bebida, mas que é crucial para dar o sabor característico.

O restante da bebida é elaborado com três onças de ácido cítrico, duas onças e meia de água, uma de cafeína, uma de baunilha, duas pitadas de suco de lima, uma onça e meia de bala para dar cor e uma quantia de açúcar que está ilegível na lista.
A receita original inclui três copos de extrato de fluído de coca, um ingrediente que a companhia retirou do composto no início do século 20, após uma corrente de críticas.
Resta saber se, além da eliminação desta substância, os proprietários da Coca-Cola aplicaram modificações substanciais na fórmula desde que Pemberton a projetou.
Para tentar comprová-la, a equipe do programa de rádio reuniu um grupo de analistas e de amantes da bebida em uma degustação da mistura obtida pela receita. Segundo o site, a maioria dos que provaram não encontravam diferenças entre o produto e a Coca-Cola comercializada.
"Acho que esta é de verdade uma versão da fórmula", disse ao programa o historiador Mark Pendergrast, autor de uma história da bebida.
Na parte da tarde, o site do "Thisamericanlife.org" estava fora do ar.

4 comentários:

Miyita disse...

Tengo mis dudas que esta sea la receta que usen hoy en día, porque es muy raro que una compañía como coca-cola deje filtrarse una información que representaría un perjuicio para sí misma (los competidores estarían frotandose las manos de gusto).
Por otro lado el estracto de hoja de coca no es lo mismo que cocaina.
En 1855 el químico alemán Gaedcke aisla de las hojas de coca un alcaloide y lo bautiza como erythroxyline por el nombre genérico de la planta, en 1859 otro químico alemán Albert Niemann purifica el alcaloide de Gaedcke y alisla directamente de las hojas de coca el alcaloide empleando alcohol, ácido sulfúrico, bicarbonato sódico y éter, lo que se llamaría como cocaína. Las hojas de coca poseen solo 1% de cocaína, para hacer pasta básica de cocaína usan los precursores: petróleo o queroseno, ácido sulfúrico un álcali como la cal, carbonato sódico o potasa, o sea que para sacar la cocaína de la coca se usan muchos químicos añadidos.
La coca en si, la hoja de coca, no resulta adictiva pero lo que extraen de ella la cocaína por supuesto que lo es.
Solo para información sin ningún ánimo de polemizar.
Un beso y gracias por la información que pones en tu blog siempre me resulta interesantísima.

Sávio Damato disse...

Oi, Miyita.
Muito obrigado pela participação. Seus comentários sempre enriquecem nosso espaço.

Grande abraço.
Volte sempre!

duuh disse...

visitei seu blog, achei muito interessante...
estou segundo!!!

Sávio Damato disse...

Obrigado, duuh.
Seja muito bem vindo!
A casa é nossa.

Abraços

Blog Widget by LinkWithin